Teolinda Gersão - Autora do Mês

teolindaTeolinda Gersão (Teolinda Maria Sanches de Castilho Gersão Gomes Moreno) nasceu em Coimbra, a 30 de Janeiro de 1940. Estudou Germanística, Romanística e Anglística nas Universidades de Coimbra, Tübingen e Berlim. Foi Leitora de Português na Universidade Técnica de Berlim, assistente na Faculdade de Letras de Lisboa e depois de provas académicas professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa, onde ensinou Literatura Alemã e Literatura Comparada.

Além da permanência de três anos na Alemanha viveu dois anos em São Paulo, Brasil e conheceu Moçambique, onde decorre o romance de 1997 "A Árvore das Palavras".

Desde cedo se dedicou à escrita. O seu primeiro livro, "Liliana" (contos), foi escrito aos 14 anos. Passados seis anos publicou "Poemas". Desde então, escreveu sobretudo romances, publicou até agora duas novelas "Os Teclados"e "Os Anjos" e duas colectâneas de contos "Histórias de Ver e Andar"e "A Mulher que prendeu a Chuva". Foi escritora-residente na Universidade de Berkeley em 2004.

Quatro dos seus livros foram adaptados ao teatro e encenados em Portugal, Alemanha e Roménia. Dois dos contos deram origem a curtas metragens e está a ser feita uma longa metragem a partir do romance "Passagens". O seu livro mais recente é "Prantos, Amores e Outros Desvarios" (2016).

A sua obra foi distinguida com vários prémios: o Prémio de Ficção do Pen Club (atribuído a "O Silêncio" e "O Cavalo de Sol"), o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (por "A Casa da Cabeça de Cavalo"), o Prémio Fernando Namora e o Prémio da Crítica da Associação Internacional dos Críticos Literários ("Os Teclados"), o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco ("Histórias de Ver e Andar"). Recebeu ainda o Prémio Máxima de Literatura ("A mulher que prendeu a chuva"), O Prémio Ciranda ("A cidade de Ulisses"), o Prémio de Literatura da Fundação Inês de Castro e o Prémio da Fundação António Quadros. Muito recentemente conquistou o prémio literário Vergílio Ferreira 2017.

Vive em Lisboa.

Obra publicada:

Prantos, amores e outros desvarios (2016);
Passagens (2014)
As águas Livres (2013)
Os teclados & três histórias com anjos (2012)
A cidade de Ulisses (2011)
A mulher que prendeu a chuva (2007)
Histórias de ver e andar (2003)
O Mensageiro e outras histórias com anjos (2003)
Os anjos (2000)
Os teclados (1999)
A árvore das palavras (1997)
A casa da cabeça de cavalo (1995)
O cavalo de sol (1989)
Os guarda-chuvas cintilantes (1984)
História do homem na gaiola e do pássaro encarnado (1982)
Paisagem com mulher e mar ao fundo (1982)
O silêncio (1981)

Informação mais detalhada no site oficial : https://teolindagersao.com/